Menu Ative-se
Descrição da imagem - com Viviane Gomes

Email to someoneShare on FacebookGoogle+Tweet about this on Twitter

Organizações lançam material sobre segurança, autocuidado e proteção na rede. A ideia é proteger as ativistas dos ataques cibernéticos.

A Universidade Livre Feminista, o CEFEMEA, Marialab, Blogueiras Negras e SOS Corpo lançaram uma Guia Prática de Estratégias e Táticas para a Segurança Digital Feminista. A publicação online é dirigida principalmente para ativistas e coletivos feministas e traz informações sobre segurança, autocuidado e proteção na rede. A proposta é entender quais são e como as ativistas podem se defender dos ataques cibernéticos e a partir daí, criar um ambiente digital mais seguro para as mulheres. Leia a matéria completa no site das Blogueiras Negras e baixe a publicação. O endereço é http://blogueirasnegras.org/guia/.